.

.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Cadeirante é executado dentro de casa e filho baleado no pescoço em Cajazeiras

Elieldo Silva, mais conhecido como "Nena da Vila Nova", foi assassinado a tiros na noite do último domingo (12), no Bairro Vila Nova, em Cajazeiras. Nena era paralítico e cumpria pena em prisão domiciliar.
Relatos de testemunhas dão conta de que dois indivíduos não identificados invadiram a casa de Nena, por volta das 21h, e efetuaram vários disparos, matando-o na hora.
O filho dele, um adolescente de 16 anos, também foi atingido na região do pescoço, mas foi levado para o Hospital Regional de Cajazeiras com vida. O garoto passou por cirurgia e está internado em estado de saúde estável, sem risco de vida.
Atentados em 2015

Em 2015, Nena sofreu um atentado a bala próximo ao estádio Perpetão, quando estava ensinando sua companheira a pilotar moto. Por causa dos ferimentos, ele ficou paralítico e se locomovia em uma cadeira de rodas. Neste mesmo ano seu irmão também sofreu uma tentativa de homicídio.

Diário do Sertão