.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Repórter policial de Cajazeiras lamenta ação que retirou seu blog do ar

Em postagens na sua rede social, o Facebook, nesta terça-feira (09), o repórter policial Ângelo Lima, lamentou a ação que retirou seu blog do ar, possivelmente – numa represália para tentar intimidar o profissional de imprensa. O mesmo não soube atribuir a referida ação, mas fez insinuação. Nós do blog Folha VIP de Cajazeiras, lamentamos tais ações, pois, fomos vítimas das mesmas práticas outrora. 

Abaixo, as postagens de Ângelo:


Da redação

MPF/PB recomenda que Sudema adote providências para a preservação do Vale dos Dinossauros

O Ministério Público Federal em Sousa (MPF/PB) emitiu recomendação para que a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) do Estado da Paraíba elabore plano de manejo do Monumento Natural Vale dos Dinossauros, no prazo de 90 dias, a fim de garantir a integridade e proteção dos recursos naturais do local. O documento do plano de manejo contempla, também, a área de zoneamento da unidade de conservação, incluindo medidas para promover sua integração à vida econômica e social das comunidades vizinhas.

O MPF recomendou, ainda, que a Sudema encaminhe relatório circunstanciado, no prazo de 30 dias, informando se as obras realizadas no Vale dos Dinossauros pela Prefeitura de Sousa limitam-se a garantir a integridade dos recursos que a unidade objetiva proteger. Caso a atuação do Município de Sousa não se limite a isso, a Sudema deve adotar medidas administrativas para embargar a execução das obras.

De acordo com o MPF, mesmo sem a existência de plano de manejo, estão sendo realizadas obras no Monumento Natural Vale dos Dinossauros, financiadas pelos convênios federais n. 52441/2012 (SIAFI n. 780722) e n. 48626/2012 (SIAFI n. 779487), ambos firmados entre o Ministério do Turismo e o Município de Sousa, no valor aproximado de R$ 2 milhões. O Monumento Natural Vale dos Dinossauros configura-se como unidade de proteção integral, com aproximadamente 40 hectares, situado na localidade Passagem das Pedras, em Sousa, no Sertão paraibano.

A Sudema deve informar, no prazo de 15 dias, o acatamento da presente recomendação e as medidas adotadas para seu cumprimento. A recomendação foi enviada para o promotor de Justiça responsável pelo Meio Ambiente, da Promotoria de Justiça de Sousa; para a Prefeitura Municipal de Sousa; para o Ibama e  Monumento Natural Vale dos Dinossauros, para efeito de acompanhamento.


Inquérito Civil n. 1.24.002.000424/2014-71

Assessoria de Comunicação

Homem é esfaqueado durante festa de carnaval no Sertão

Um homem foi esfaqueado durante a festa de carnaval na cidade de Piancó, no Sertão da Paraíba. O crime aconteceu na Praça Salviano Leite, nas proximidades do Tropical Bar, quando uma multidão de foliões estava no local.
O homem ainda não identificado foi socorrido por uma ambulância do Samu. Devido à gravidade dos ferimentos, o homem foi levado para o Hospital Regional de Patos, onde permanece internado. Ainda não há pistas do autor da tentativa de assassinato.

Diamante Online

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Irreverente, bloco “Cafuçú” saiu às ruas de Cajazeiras nesta segunda (08/02/2016). Veja fotos!



Fotos: PJ Barreto

Carnaval de Cajazeiras: foliões roubados na Agrovila reclamam nas redes sociais



Facebook

“Bloco das Virgens” arrasta mais de dez mil pessoas pelas ruas de Cajazeiras

O segundo dia de carnaval de rua de Cajazeiras(sábado/06/02), foi marcado pela grande festa das hilárias fantasias - organizado pelo “Bloco das Virgens”, que tem a frente o Vereador Jucinério Félix Filho.

Mantendo a hegemonia, o parlamentar tomou a frente e mais uma vez passou sua mensagem, que carnaval é festa popular, portanto, tem que ser para o povo e com o povo, sem grades e sem amarras.

Muitas foram às fantasias. Irreverência, simpatia e alegria tomaram conta da animação popular. Milhares de homens vestidos em trajes femininos e milhares de mulheres vestidas em trajes masculinos. Pessoas comuns sem fantasia alguma também se incorporavam à festa.
Como foi anunciada, a concentração se deu à Avenida Presidente João Pessoa e de lá, os foliões foram “puxados” pelos paredões pelas principais ruas do centro até à Praça Major José Marques Galvão (Praças dos Blocos).



Da redação
Com fotos: Ângelo Lima

Mulher é atingida e morta por bala perdida em tiroteio acontecido na cidade de Cajazeiras

Por volta das 23hs00 da noite do último domingo (07), uma senhora de 63 anos, transitava pela Rua Vitória Bezerra – no Bairro São Francisco em Cajazeiras, quando foi atingida por uma bala perdida.

Segundo informações de populares, elementos daquela localidade trocavam tiros no momento em as pessoas transitavam pela via e em circunstância disso, a mesma foi alvejada, o SAMU foi chamado, realizou os primeiros socorros e conduziu a vítima para o Hospital Regional de Cajazeiras, porém, ao dar entrada naquela casa de saúde, a idosa não resistiu aos ferimentos e veio a morrer.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, uma viatura que se dirigia para a ocorrência foi atingida por um disparo. Um elemento armado chegou a ser preso e conduzido à Delegacia de Polícia suspeito de participação na ação delituosa.

Da redação
Com foto de Ângelo Lima

domingo, 7 de fevereiro de 2016

SINFUMC – Informativo: servidores da Prefeitura de Cajazeiras a um passo para receber salários não pagos em 2008 pelo esposo da prefeita Denise

João de Deus Quirino Filho
OAB/PB 10.520

QUIRINO ADVOCACIA
Rua Padre Rolim, 299, Centro,
Cajazeiras-PB - CEP 58.900-000
Telefax (83) 3531 4336

JULGADOS DA SEGUNDA CÂMARA ESPECIALIZADA CÍVEL

AGRAVO DE INSTRUMENTO N° 0001 131-94.2015.815.0000. ORIGEM: CAJAZEIRAS – 4A. VARA. 
RELATOR: Des. Abraham Lincoln da C Ramos. AGRAVANTE: Município de Cajazeiras. 
ADVOGADO: Johnson Gonçalves de Abrantes E Edward Johnson Gonçalves de Abrante. 
AGRAVADO: Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Cajazeiras. ADVOGADO: João de Deus Quirino Filho.

PROCESSUAL CIVIL – Agravo de instrumento – Execução de sentença – Fazenda Pública – Ato judicial impugnado – Deferimento de expedição de RPV para satisfação dos créditos individualizados em execução de sentença coletiva – Possibilidade – Entendimento firmado pelo STF e por este Egrégio Tribunal de Justiça – Desprovimento.

— A sentença proferida em ação coletiva pode ser executada de forma individualizada, mediante a expedição de requisição de pequeno valor de acordo com os créditos titularizados pelos substituídos. 

— Considerando a natureza individual do direito tutelado, a liquidação e a execução das ações coletivas não podem ser classificadas como coletivas, de modo que a execução proposta pelo legitimado coletivo é formada pela soma de parcelas identificadas de direitos individuais. 

— O fato de o título executivo ter sido constituído em ação coletiva não afasta a possibilidade de individualização da execução de acordo com as peculiaridades dos créditos titularizados pelos credores, restando claro que se era facultado aos credores substituídos pelo sindicato promover individualmente a execução da sentença coletiva, para cada um comportaria a expedição de RPV para satisfação dos respectivos créditos no prazo de 90 dias. — O STJ, no julgamento do Recurso Especial representativo de controvérsia nº 1.347.736/RS, submetido ao procedimento do art. 543-C do CPC, firmou entendimento no sentido de que o fracionamento vedado pela norma constitucional toma por base a titularidade do crédito. 

— “A regra do § 4º do artigo 100, alterado e hoje correspondente ao § 8º do mesmo artigo 100 da Constituição Federal, permite a execução autônoma e o pagamento dos créditos individualizados nos casos de litisconsórcio ativo facultativo.” (STF; RE 860.924; DF; Rel. Min. Marco Aurélio; Julg. 21/01/2015; DJE 10/ 02/2015; Pág. 279). V I S T O S, relatados e discutidos estes autos acima identificados, A C O R D A M, em Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, por votação uníssona, negar provimento ao recurso de agravo de instrumento, nos termos do voto do relator e da Súmula de Julgamento de folha retro.



Assessoria – Jurídica – SINFUMC

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Denise e o silêncio da reprovação

Há um antigo dito popular no sertão que diz que “quanto mais cabra, mais cabritos!” Numa tradução política desse ditado, podemos afirmar que quanto mais se agrega, mais um grupo cresce em união.

Atualmente não é isso o que acontece no grupo político da Prefeita Denise Albuquerque, em Cajazeiras, embora possa não parecer.

É que a aparente calmaria, na verdade, esconde um mar de insatisfações entre aliados e correligionários. Praticamente todos reclamam, ainda que em voz baixa, de desprestígio e de não serem ouvidos. Isso, em detrimento de alguns poucos que sempre estão no palco escuro das decisões e iluminado da ocupação de cargos.

“Não somos chamados a opinar e nem sequer ouvidos”, disse-me um membro desse grupo. “Carlos Antônio não ouve ninguém e só faz o que quer”, reclamou outro aliado. E se fosse ouvir a todos do grupo, da maioria absoluta receberia as mesmas reclamações que, diga-se, só foram superficialmente reveladas sob o compromisso de absoluto sigilo das fontes.

Como o esposo da prefeita é quem articula politicamente, o ônus disso recai sobre a administração Denise e sobre sua possível recandidatura. Sim, possível, porque já não é tão certa, como foi!

Os desencontros, as insatisfações, a exclusividade política do comando do grupo em determinados temas, tem feito de Denise uma pessoa cada dia mais decepcionada com a vida pública. E todos sabem que a decepção é um primeiro grande passo para a desistência. Afinal, por que persistir no que nos decepciona?

Na sua base parlamentar na Câmara Municipal, a prefeita Denise não colheu ainda nenhuma defecção. Ainda! Porque a insatisfação é grande e generalizada, posso garantir, embora silenciosa e quase muda.

Este, diferente daquele, não é o silencio do consentimento, da aprovação e da concordância, mas o silêncio da subalternidade inconformada, insatisfeita, rebelde e, por isso mesmo, já quase insubalterna!

S O L T A S

. Embora não assumam publicamente, os vereadores da base da prefeita Denise estão profundamente desgostosos com a indicação de uma irmã da vereadora Léa Silva para a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Humano (SMDH). “Por que só Léa pode ocupar ou indicar alguém para esse cargo”, reclamam à surdina.


. Mas do lado das oposições também tem arenga. O PSOL não quer nem ouvir falar de uma composição partidária em que Gobira não seja o cabeça de chapa, e essa indefinição atrasa e complica os planos oposicionistas!


Fernando Caldeira

Prefeito de Cachoeira dos Índios cumpre agenda na capital paraibana e volta para o município com boas notícias

O prefeito de Cachoeira dos Índios, Francisco Dantas Ricarte cumpriu extensa agenda, na última segunda-feira (01), na capital paraibana e voltou para o município com boas novas para seu povo. O chefe do executivo daquele município, se reuniu com o secretário de Educação do Estado, Aléssio Trindade, com o representante da Secretaria Estadual do PAC, com o Presidente da CAGEPA, Marcos Vinicius e com representante do Departamento de Estradas e Rodagens ( DER). O deputado estadual Jeová Campos acompanhou o prefeito em alguns compromissos e noutros, o assessor parlamentar do deputado, Hugo Moreira.

Com o Secretário de Educação do Estado, o prefeito solicitou e teve um aceno positivo, sobre assuntos relacionados ao transporte escolar de Cachoeira dos Índios para o ano de 2016. Na Secretaria Estadual do PAC foi discutida a liberação de recursos para a conclusão da Escola Lindalva Claudino, que está sendo construída no Distrito de Fátima, município cachoeirense.

Durante a audiência com o Presidente da CAGEPA, o deputado Jeová Campos e o prefeito Francisco Dantas Ricarte agradeceram a parceria firmada entre a Companhia Estadual de Água e a Prefeitura Municipal, a partir da qual a CAGEPA doou ao município sete caixas d´água destinadas ao abastecimento da população da zona urbana da cidade. “Esta parceria foi importante para minimizar os efeitos da seca no que se refere ao abastecimento de água para consumo humano, já que nossa cidade está bastante fragilizada pela estiagem”, afirma Francisco, lembrando que a intermediação do pleito junto a Cagepa através do deputado Jeová Campos foi fundamental para a parceria ser viabilizada.

Com o representante do DER-PB, a reunião também foi proveitosa, pois foi anunciado que o Estado está adquirindo, de forma emergencial, os materiais necessários para a realização da operação tapa-buracos da rodovia estadual PB 420, no trecho que liga a BR 230 à sede do município de Cachoeira dos Índios, e que os serviços terão inicio ainda neste mês de fevereiro. “Um prefeito pró-ativo faz assim. Deixa o gabinete e vai em busca de recursos, obras e ações que beneficiem sua cidade e assim o faz Francisco, com muita determinação e competência, por isso Cachoeira dos Índios está avançando a passos largos”, finaliza Jeová.



Ascom

No Sertão: Rômulo concede entrevista coletiva em Cajazeiras e participa do “Folia de Rua em Sousa”

O Deputado Federal Rômulo Gouveia (PSD-PB) esteve na última quinta (04/02) no Sertão paraibano. Rômulo Gouveia concedeu entrevista coletiva na cidade de Cajazeiras, na Câmara de Vereadores. Compareceram representes dos órgãos de imprensa de Cajazeiras e da região.

Durante a entrevista o parlamentar paraibano falou das prioridades no instante para Cajazeiras.

“Temos que continuar a luta pela rapidez do término da obra de transposição do São Francisco e unir a bancada pela construção do Instituto Médico Legal de Cajazeiras e a Homologação do Aeroporto”, destacou o vice-líder do PSD na Câmara dos Deputados.

Com relação à política e ao pleito eleitoral deste ano, o deputado federal falou que como em outros diretórios municipais, “o de Cajazeiras terá autonomia para decidir sobre as alianças partidárias”.

A entrevista foi conduzida pelo radialista Olivan Pereira e contou com a presença do presidente da câmara Nilson Lopes, do vice-prefeito Jr Araújo, do ex-prefeito Carlos Antônio, do líder político em Sousa Zenildo Oliveira, do vice-prefeito de Santa Helena João Kleber, dos vereadores de Cajazeiras Antônio Galego, Valdery Dias, Kleber Lima, Alison Américo, Humberto Pessoa, Lindenberg Lira, Ivanildo Dunga, Raimundinho, Adriano da Vila Nova, Joinha, Rogerio Leite vereador de Santa Helena, Benevenuto vereador de Uiraúna e Gelsimar Ângelo Presidente do Sindicato dos Taxistas de Cajazeiras.

Em Sousa o Deputado Federal Rômulo Gouveia participou do evento Folia de Rua, promovido pelo Grupo Empresarial Pau Brasil, dirigido por Zenildo Oliveira.

“Nos três dias do evento colocamos mais de 100.000 pessoas nas ruas de Sousa e festejamos com muita paz o carnaval que é tradição em nossa região”, destacou um dos organizadores.

Rômulo foi recepcionado pelo empresário Jucélio Rocha de Lima e manteve contato com o prefeito Salvan Mendes Pedrosa de Nazarezinho e com o ex-deputado Inaldo Leitão.



Assessoria de Rômulo Gouveia

PSOL lançará jovem de 18 anos a vereador em Santa Rita

O ex-presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, confirmou na última quinta-feira (04), que seu partido terá o candidato a vereador mais jovem nas eleições deste ano. “O jovem e ex-líder estudantil, Genilton Felix, que hoje, tem 17 anos, mas completará 18 no tempo exigido pela legislação eleitoral, será candidato a vereador pelo PSOL em Santa Rita”, anunciou.

Ex-integrante do Trio Regional do Grupo de Cultura Popular e Quadrilha Junina Riacho Verde, Genilton Felix afirmou que, a partir dessas experiências, se apaixonou pela arte e pela cultura. “Daí tomei uma paixão pela arte e cultura, em especial na área da música; com o passar do tempo, me aprofundei fazendo cursos de teclado e técnicas vocais em um instituto do município. Com alegria e satisfação foi o vocalista e/ou solista masculino da orquestra Filarmônica desse referido instituto”, revelou.

Vocacionado na área cultural, Genilton Felix ingressou, em 2015, no Grupo Cultural denominado "4 por um",  que, foi formado pelo  professor e maestro Sadraque Barreto. Segundo ele, o "4 por um" é um quarteto de vozes harmoniosas em um repertório MPB e REGIONAL, que vem abrilhantando eventos dentro e fora do município. Foi nesse ambiente cultural e de olhares sobre a cidade que o pré-candidato a vereador pelo PSOL, Genilton Felix passou a se interessar pela política.

Ex-presidente do Grêmio Estudantil em sua escola e, atualmente, membro do Diretório do PSOL de Santa Rita, Genilton Felix é o pré-candidato mais jovem que poderá disputar uma vaga de vereador em Santa Rita. Com sua militância cultural e no movimento estudantil, Genilton é mais um nome importante a fortalecer a chapa de pré-candidatos proporcionais de nosso partido em Santa Rita”, ressaltou.



Assessoria 

Bloco dos imprensados arrasta foliões na primeira noite de carnaval em Cajazeiras

Foto: Kleyde Pereira
A última sexta-feira (05) de Carnaval ficou por conta do bloco "Os Imprensados" que, pelo segundo ano consecutivo abriu as festividades de “carnaval de rua”, na terra do Padre Rolim.

O trio elétrico “Leleka” e banda Retrô arrastaram os membros da impressa cajazeirense e, simpatizantes pelo centro da cidade - até chegar a “praça dos blocos” que fervia ao som dos paredões.

“Os Imprensados” dedica esse momento de folia aos profissionais de imprensa que trabalha na transmissão do evento e que tira um dia para brincar com os colegas e amigos.

A organização do bloco ficou por conta dos radialistas Eutim Rodrigues e Jota França. Trezentas camisas foram doadas por diversos empresários da região que tiveram suas marcas estampadas, como forma de retribuição de patrocínios.

- Confira as fotos do evento clicando AQUI!


Da redação
Com Blog da Márcia Rejane

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Torcida Mancha Azul do Atlético de Cajazeiras é suspensa por seis meses em todo território nacional

A Comissão Permanente de Prevenção e Combate a Violência nos estádios da Paraíba, aplicou nesta sexta (05) a medida educativa de BANIMENTO TEMPORÁRIO da TORCIDA Mancha Azul de Cajazeiras que pertence aos torcedores do Atlético. A suspensão por seis meses vale em todo território Nacional. Isso se trata de uma medida protetiva e a organizada pode recorrer.


Com blog de Ângelo Lima