domingo, 24 de maio de 2015

Wellington e Caio Roberto acordam com Ricardo Coutinho e levam PR a apoiar governo na AL

O deputado federal Wellington Roberto e, o deputado estadual, Caio Roberto fecharam acordo de apoio do Partido da República ao Governo Ricardo Coutinho na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. A reunião entre os parlamentares e o governador aconteceu no último sábado (23) na Granja Santana com a presença do deputado estadual Gervásio Maia.

Com a decisão dos deputados, o governador Ricardo passa a ter apoio de 22 parlamentares no Poder Legislativo.

- A composição entre os deputados Wellington e Caio Roberto e o governador Ricardo Coutinho traduz uma nova fase entre eles reforçando uma aliança em favor do desenvolvimento da Paraíba – avaliou o Secretario de Comunicação, Luiz Torres.

De acordo com informações obtidas, o deputado Gervásio Maia foi o principal articulador político para a consolidação da aliança.



Walter Santos 

Polícia Militar prende mulher armada em forró na cidade de Cajazeiras

Uma guarnição da Polícia Militar realizava rondas de rotina pelas imediações do Bairro Conjunto do IPEP, na região do Sol Nascente – Zona Norte de Cajazeiras, onde uma festa acontecia, e em dado momento, os policiais resolveram fazer uma abordagem num grupo de pessoas no referido local, porém, em demasiada demonstração de nervosismo uma mulher fora indagada se estava armada, a mesma respondeu que sim, entregou a arma e foi conduzida para a Delegacia de Polícia.

O fato se deu na noite do último sábado (23), para a madrugada deste domingo (24). Sandra Soares foi presa por porte ilegal de arma de fogo. Na delegacia ela alegou que estava armada para se defender. O local onde a mesma foi presa é conhecido por “Quadra de Chico Amaro”. Sandra foi conduzida ao Presídio Feminino de Cajazeiras e está sob a guarda da justiça.



Da redação

sábado, 23 de maio de 2015

Capotamento deixa saldo de dois jovens mortos em Santana de Mangueira, no Sertão paraibano

Dois jovens naturais da cidade de Santana de Mangueira, no Sertão da Paraíba, tiveram morte instantânea após um capotamento na PB-306, no início da noite da última sexta-feira (22).

As vítimas foram identificadas pelos nomes de Carlos Pereira de Sousa, 28 anos, conhecido pelo apelido de “Moquinho de Vilma” e seu primo, Cícero Pereira de Sousa, 29 anos, conhecido por “Cicinho de Tião”.

Segundo as informações, os jovens seguiam com destino ao Sítio Genipapo, onde iam visitar seus familiares, porém na altura do Sítio Picos, cerca de 8 quilômetros distantes da cidade, Cicinho que conduzia o veículo, perdeu o controle da direção, sobrou em uma curva e capotou por várias vezes, causando até o arremesso do seu corpo por mais de 20 metros do carro.

A notícia da morte dos primos causou abalo ao povo santanense, já que ambos eram muito conhecidos pela sociedade.

O veículo, um Corsa Sedan, de cor prata, pertencente ao pai de Cicinho, ficou totalmente destruído e só parou de capotar após bater em um barranco. A Polícia Militar do Destacamento de Santana de Mangueira isolou o local.

Os corpos dos jovens foram retirados do local pelos peritos do Gemol, e em seguida foram conduzidos para o IML da cidade de Patos, para serem liberados e entregues as famílias.



Diamante Online

Tribunal de Justiça da PB condena 40 ex-gestores por improbidade. Confira lista!

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) divulgou, nesta sexta-feira (22), o 2º lote de sentenças referente ao julgamento de ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública, dos processos relacionados pela Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), neste ano de 2015, que envolve processos que foram distribuídos até dezembro de 2012.

Nesta etapa do mutirão, cerca de 40 ex-gestores, entre ex-prefeitos, vereadores e secretários paraibanos foram condenados. Ao todo, o grupo especial de juízes e assessores julgou 68 processos, dos quais 24 réus foram absolvidos.

Entre os ex-gestores condenados estão o ex-prefeito de Sossego, Juraci Pedro Gomes, e de Itabaiana, Dona Dida.

Confira abaixo a lista completa dos condenados

Da relação de condenação constam: Gilberto Muniz Dantas, ex-prefeito de Fagundes, Luciano Morais da silva, ex-prefeito de Salgadinho, Antônio Martiniano dos Santos, ex-prefeito de Assunção, Erivan Dias guarita, ex-prefeito de Monte Horebe, Juraci Pedro Gomes, ex-prefeito de Sossego, Maria Luiz do Nascimento Silva, ex-prefeita de Sobrado, Adão Luiz de Almeida, ex-presidente da Câmara de Tavares, Alessandro Alves da Silva, ex-prefeito de Pilõezinhos, João Bosco Nonato Fernandes, prefeito de Uiraúna, Maria Joaquina Vieira, Geraldo Luiz de Araújo, Francisco Alves Queiroz, Maria dos Remédios Martins de Oliveira, Maria Dulcimar Rocha Duarte e Francisco Francinaldo da silva, todos vereadores de Uiraúna, Ricardo Jorge de Farias Aires, ex-prefeito de Cabaceiras, Antônio Medeiros Dantas, ex-prefeito de Cuité, Flávio Romero Guimarães, ex-Secretário de Educação de Campina Grande, Francisco Rosado da Silva, ex-prefeito de Nova Olinda, Edvardo Herculando de Lima, ex-prefeito de Lagoa Seca, Paulo da Cunha Torres, ex-prefeito de Riachão, Alysson José da Silva Azevedo, ex-prefeito de Baraúna, José Severiano de Paulo Bezerra Silva, ex-prfeito de Tavares, João Bosco Cavalcante, ex-prefeito de Serra Grande, José Alencar Lima, ex-prefeito de Santana dos Garrotes, Edmislon Alves dos Reis e Elias Germano Queiroz, prefeito e vice de Teixeira, Ernani de Sousa Diniz, ex-prefeito de Diamante, Francisco Umberto Pereira, ex-prefeito de Santana de Mangueira, João Luiz de Lacerda Júnior, ex-prefeito de Amparo, Jorge Urçulo Ribeiro Coutinho, ex-prefeito de Gurinhém, Euridíce Moreira da Silva, ex-prefeita de Itabaiana, José Benício de Araújo Filho, ex-prefeito de Pilar, dentre outros.

O grupo especial é formado pelos juízes João Batista de Vasconcelos, Jailson Shizue Suassuna, Fábio José de Oliveira Araújo, Leonardo Sousa de Paiva Oliveira, Claudio Pinto Lopes, Manuel Maria Antunes de Melo, Keops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires e Antônio Eugênio Leite Ferreira neto, que é coordenado pelo juiz Aluizio Bezerra Filho e que tem como gestor da Meta o desembargador Leandro dos Santos. O trabalho desenvolvimento alcança todas as comarcas do Estado que importa na tramitação prioritária desses processos e o julgamento do que se encontra regularmente instruídos. Confira a relação dos ex-gestores condenados.


Tribunal de Justiça da Paraíba

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Trinta e dois prefeitos e um só grito: Socorro!

Audiência pública promovida pela Frente Parlamentar da Água da ALPB reuniu 32 prefeitos, de várias regiões do Estado.  Os depoimentos evidenciaram a gravidade dos problemas.

Os relatos, feitos na manhã desta sexta-feira (22), pelos prefeitos dos municípios paraibanos que estão enfrentando situações de emergência, colapso ou racionamento por causa da falta de água, evidenciaram a gravidade do problema que atinge, pelo menos, 170 municípios da Paraíba, dos quais 48 estão absolutamente sem água. A situação em algumas cidades é de calamidade. Noutras, nem os carros-pipa estão suprindo as necessidades básicas do consumo humano. Em todas ha necessidade de atendimento é urgente, a ausência de acolhimento por parte das autoridades competentes é uma realidade e o sentimento de solidão dos prefeitos no enfrentamento do problema é unanimidade.
O objetivo da audiência promovida pela Frente Parlamentar da Água da ALPB, presidida pelo deputado Jeová Campos, era o de dar oportunidade dos gestores públicos exporem suas aflições e problemas diante da falta de água em suas cidades. Mas, a audiência foi mais além. “Esse momento, creio eu, reacendeu a esperança dos prefeitos de que agora, com a atuação da Frente, de mãos dadas com a FAMUP, com a bancada federal paraibana, a luta se fortalecerá e que é preciso à união de todos independentes de bandeiras partidárias, para que a pressão política para a solução imediata dos problemas emergenciais seja forte, efetiva e eficaz”, argumenta o deputado Jeová Campos.

A Prefeita de Monte Horebe, Cláudia Dias, disse que a cidade, cuja população é de 4.748 habitantes, está enfrentando o terceiro colapso no abastecimento, que desde 2012 há racionamento no município que só permite ter água 2 horas por dia, que a água dos carros-pipa do Exército não supre a necessidade e, que a prefeitura precisa desembolsar R$ 20 mil/mês para complementar a oferta de água na zona rural. “Mesmo assim a cota é de 20 litros/dia por pessoa e a pessoa tem que escolher cozinhar de dia, e não cozinhar à noite por falta de água, o volume não dá nem para as necessidades básicas do ser humano”, afirma ela.

Idêntica situação vive o município Carrapateiras. O prefeito André Pedrosa apela para que os governos se sensibilizem com a situação e ajudem às prefeituras, de forma mais efetiva. “Nós não temos mais condições de atender a população sozinhos”, disse ele. Em Princesa Isabel a situação se repete. Com 18 mil habitantes só tem água abastecida por carros-pipa, a exemplo de Puxinanã e Queimadas. Está última cidade, está desembolsando R$ 150 mil/mês, de recursos próprios para suprir o consumo mínimo da população. Sem ajuda do governo do estado desde 2013, o prefeito Jacó Maciel diz que a ajuda do Exército com carros-pipa só abastece 54, das 3.500 cisternas existentes no município. “A situação é de calamidade. Não há outro termo para definir essa realidade”, desabafa o prefeito de Queimadas.

 A zona rural da cidade de Dona Inês não tem abastecimento de água há quatro anos e há dois anos, a Cagepa suspendeu o fornecimento de água da cidade que é abastecida, exclusivamente, por carros-pipa que pegam água na cidade de Brejinho, no vizinho estado do Rio Grande do Norte, com um custo de R$ 350,00 por carrada. São três carros-pipa por dia. O prefeito, Antônio Justino, reclamou da falta de apoio dos governos estadual e federal no enfretamento do problema. “Os prefeitos estão sós, sendo pressionados pela população e sem ter como resolver o problema sozinho, atendendo só o emergencial”, desabafou ele. O representante de Triunfo também  fez o seu relato, destacando que a cidade não tem água da Cagepa há três anos.

O prefeito de Solânea, Sebastião Alberto da Cruz, também está garantindo o abastecimento mínimo da população com seis carros-pipa. O volume disponibilizado pelo Exército na zona rural também não atende as necessidades da população e a prefeitura precisa complementar com recursos próprios. A cidade de Esperança, com 32 mil habitantes, não tem uma gota de água. Quatro carros-pipa vão atendendo a população de forma precária. O prefeito Anderson Monteiro lembra que o problema se arrasta há muito tempo sem que os governos realizem obras que assegure segurança hídrica. “Há 12 anos meu pai foi prefeito e já reclamava dessa situação”, disse ele.

“Os relatos, falam por si só. Mostram o quanto é grave a situação e evidenciam a urgência na busca por soluções”, destaca Jeová Campos que, durante a audiência convidou os prefeitos para junto com os deputados que integram a Frente Parlamentar da Água, definir uma agenda em Brasília, na próxima semana, que incluirá passagem pelo Ministério da Integração e uma reunião com a bancada federal da Paraíba. A reunião com a bancada deve acontecer na quarta-feira (27), e a ida ao Ministério, no dia seguinte (28).  Nesta sexta-feira (22), à tarde, uma comitiva de prefeitos se reúne, na Granja, com o governador Ricardo Coutinho, graças a uma articulação da Frente Parlamentar da Água.

Além dos deputados que integram a Frente Parlamentar e dos prefeitos paraibanos, a audiência também teve a participação do presidente da FAMUP, Tota Guedes, dos diretores de Operação e Expansão da Cagepa, José Mota e Leonardo Brasil, respectivamente, e ainda do coronel Carlos Alberto, do 1º Grupamento de Engenharia do Exército. O presidente da ALPB, Adriano Galdino, não compareceu por problemas de saúde.


Assessoria

Padre sertanejo emite nota e afirma que gastos com festas não combinam com seca. Leia!

Um município que decreta estado de emergência (mesmo que não decrete) devido às consequências nefastas da seca, mas, ao mesmo tempo, torra dinheiro com festas e mais festas, e toma gasto público, não está entrando em uma grande contradição? Não é uma grande incoerência?

Numa região notadamente marcada pelas graves consequências de longas estiagens, é ético, é cristão, é humano, promover festas com o dinheiro público? É justo direcionar somas elevadas de dinheiro para gastar com propagandas, palcos, bandas e cantores, quando o povo sofre com o drama da seca?

Neste contexto clamoroso, angustiante, a vida humana deve ter primazia, e não festas com seus gastos exorbitantes.

Deve haver festa junina? Sim, deve, porém, sem gastos excessivos. Até questionaria: por que não fazer as festas com o potencial cultural que o município dispõe, como forrozeiros com seus instrumentos peculiares: sanfona, zabumba, pandeiro e triângulo?

Fazer as festas juninas com esses artistas regionais, não seria um resgate da nossa verdadeira cultura sertaneja?

Não sou contra as festas juninas. Sou contra os gastos com bandas e mais bandas em detrimentos de milhares de sertanejos que sofrem com as sequências da seca.

A pergunta que não quer calar: gastos com festas e mais festas combinam com seca?

Está lançada a campanha: gastos com festas não combinam com seca.


Padre Djacy Brasileiro, em 21 de maio de 2015.
E-mail: padredjacy@hotmail.com

Twitter: @Padredjacy 

Governo estimula criação de associação rural e garante acesso ao crédito fundiário

Para facilitar o acesso de agricultores familiares à aquisição de imóveis rurais, por meio do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), o Governo da Paraíba, por intermédio da Gestão Unificada da Emater/Emepa/Interpa (GU), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), vem estimulando a criação de associações comunitárias no Estado. A intenção é aumentar a divulgação do programa e, com isso, garantir a inclusão social e produtiva de milhares de famílias paraibanas a partir da aquisição de terras.
“Vamos passar de moradores a proprietários da terra que cultivamos desde a época de nossos pais”, comemorou o agricultor Manoel Morais, presidente da recém-criada Associação dos Agricultores Familiares da comunidade Lagoa Seca, em São José de Espinharas. Ele disse que as 14 famílias pertencentes ao imóvel, que tem uma área de 347 hectares, estão bastante motivadas com a possibilidade de adquirir a terra.

O processo de criação da associação contou com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, com assessoria dos extensionistas Tatiana Eiko, Marcondes Correia, Jailson Lopes da Penha e José Bezerra, todos pertencentes à região administrativa da Emater de Patos.

Capacitação – Depois das oficinas de nivelamento sobre operações de crédito fundiário para 50 técnicos das 15 regiões administrativas da Emater no Estado, o Interpa segue capacitando extensionistas das áreas econômica e social em avaliação de imóveis rurais e preenchimento do SMMT (Sistema de Monitoramento e Mercado de Terras), documento indispensável para dar início ao processo de aquisição de terras. As próximas capacitações acontecem a partir de segunda- feira (25), na região de Patos.

Ministradas pelos técnicos Fernandes Lavor e Aderaldo Luís de Lima, do Interpa, as capacitações aconteceram na Fazenda Gado Bravo, em Aparecida e no município de Pombal, envolvendo extensionistas das regiões administrativas da Emater de Solânea, Cajazeiras e Pombal.

A orientação da Gestão Unificada, segundo o coordenador de Crédito e Ação Fundiária (Cocaf), o engenheiro agrônomo Francisco das Chagas Pereira, é divulgar e agilizar o processo de financiamento de imóveis rurais, visando a beneficiar o maior número possível de pessoas, tanto com operações de propostas de crédito familiares, quanto associativas, ou seja, por meio da criação de novas associações, que somam 338 em todo Estado.


Secom

Jovem estudante de direito tira a própria vida por meio de enforcamento em São João do Rio do Peixe

Um suicídio agitou a área policial na manhã desta sexta-feira (22), na cidade de São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba. A jovem universitária, Danielle Priscila de Freitas Abreu, 23 anos, tirou sua própria vida por meio de enforcamento na residência de seus pais, à Rua Tabelião José Cândido Dantas, saída para Uiraúna.

Danielle era filha única, do casal Luiz Carlos de Freitas, “Lula do Mercado” e Mazé Abreu. A jovem cursava direito em uma faculdade de Cajazeiras.

Segundo informações não oficiais, Danielle havia finalizado um relacionamento nos últimos meses - esse pode ter sido um dos motivos que fez com que a mesma cometesse o tresloucado gesto.



Fonte: Folha do Vale

Projeto Karatê Campeão de Cajazeiras conquista 3º lugar no Open de Campina Grande

O Projeto Karatê Campeão de Cajazeiras conquistou o 3º Lugar Geral no II Open de Karatê de Campina Grande. O professor Gildemar Pontes agradeceu ao diretor do CFP/UFCG, professor Antônio Fernandes, pelo apoio ao projeto.

“De parabéns todos que compõem o Projeto Karatê Campeão, a Universidade Federal de Campina Grande, pioneira nesta modalidade de Extensão, a Federação de Karatê Marcial Interestilos da Paraíba-FKMIPB, os pais e parentes que acompanham e se alegram com a alegria dos seus filhos. Nós somos uma família composta de muitas famílias”, disse.

De acordo com Gildemar, dos quase 100 alunos praticantes do Projeto, 80% são oriundos de Escola Pública, o que engrandece e serve de exemplo como alternativa ao caos e ao desrespeito que tomou conta da escola em todos os níveis.


“Nesses dois anos de atuação, o Karatê tem promovido a inserção de inúmeros jovens alunos no mundo da arte marcial. Os alunos do Projeto Karatê Campeão são bons no Karatê e bons na Escola. A maioria está acima da média do rendimento escolar e percebe-se o comportamento diferenciado por onde passam, recebendo elogios pela postura e pelo respeito que demonstram nas relações sociais de que participam”, disse o professor. Segundo Gildemar, o Karatê é mais que um esporte e desenvolve habilidades motoras, disciplina os sentidos e integra a educação do espírito na filosofia do respeito e do autoconhecimento.


Radar190

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Orçamento Socialista: Prefeitura de Cajazeiras realiza audiência pública no Distrito de Divinópolis

A prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque e o vice-prefeito Junior Araújo - acompanhados por toda equipe de auxiliares da gestão e vereadores do município, realizam na próxima segunda-feira (25) mais uma audiência do Orçamento Socialista.

A plenária ocorre no distrito de Divinópolis a partir das 19 horas na Escola Municipal Carolino de Sousa Neto.

De acordo com a coordenadora do Orçamento Socialista de Cajazeiras, Kátia Brilhante, as plenárias acontecerão em todas as áreas do município. Segundo Kátia, os moradores de cada setor deverão apresentar propostas, reclamações e opiniões sobre as prioridades e serviços que deverão fazer parte do Plano Plurianual (PPA) e da Lei de Orçamento Anual (LOA) para 2016. De cada Audiência Pública, serão indicadas três prioridades por setor.

O calendário com as demais audiências públicas está sendo elaborado e será divulgado na próxima semana.

A prefeita Denise destacou a importância do Orçamento Socialista e da mudança de realidade que hoje vive o povo de Cajazeiras. “O governo está apostando no empoderamento da população. Esse tem sido o grande trabalho dessa gestão”, frisou.

Já o vice-prefeito, Junior Araújo, fez questão de destacar a metodologia de trabalho da gestão de Cajazeiras. Segundo Araújo, a comunicação diária e a interação dos secretários com a comunidade é um fator preponderante na visibilidade e reconhecimento das ações realizadas.

As plenárias do Orçamento Socialista foram iniciadas no último final de semana, nos sítios Bé, Cocos e Distrito de Azevém.



Secom 

Aesa divulga previsão desta sexta-feira e explica termos técnicos

Nebulosidade variável para a maior parte do Estado é o que prevê a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) para esta sexta-feira (22). Apenas no Brejo e Agreste poderão ocorrer chuvas esparsas. Nas regiões mais quentes, como Curimataú e Sertão, não chove e as temperaturas continuam altas.
A meteorologista Marle Bandeira afirmou que a temperatura mais amena é tendência a partir deste mês, uma vez que nos aproximamos da data oficial do inverno, 21 de junho. A baixa das temperaturas ocorre mais frequentemente nas madrugadas.
Chuvas – Ela ainda explicou que há dois regimes de chuva na Paraíba. De fevereiro a maio, via de regra, ocorre o período mais chuvoso nas regiões do Sertão, Alto Sertão e Curimataú. Porém, não foi o que ocorreu neste ano e, por isso, enfrentamos um período de estiagem. A época de chuvas das regiões Agreste, Brejo e Litoral é de abril a julho. Daí, a ocorrência de temperaturas mais amenas, no mês de maio, nesses locais.
A técnica da Aesa explicou algumas expressões mais usadas tecnicamente na meteorologia sobre as características pluviais. “Chuvas ocasionais vêm de ‘chuva de ocasião’, são chuvas que, como dizemos, ‘vêm do nada’”, explicou Marle Bandeira.  “Chuvas isoladas são pontuais, podem acontecer distintamente num ponto ou outro da cidade ou determinada região. E finalmente, chuvas esparsas são as esporádicas, que vêm e param, não são persistentes”, completou a técnica.
Mínima e máxima – O Litoral apresenta para esta sexta-feira temperatura mínima de 23º C e máxima de 30ºC. No Brejo, as temperaturas variam de 20º C a 28º C, e no Agreste, entre 20º C e 30º C. No Cariri/Curimataú há mínima de 20º C e máxima de 33º C. E como sempre, Sertão e Alto Sertão apresentam as maiores temperaturas. Sertão: mínima de 22º C e máxima de 35º C. Alto Sertão: mínima de 21º C e máxima de 34º C.
Secom

Radialista cajazeirense tenta pregar “o quanto pior melhor” e insinua que Zé Aldemir esteja articulando sua candidatura a prefeito de Cajazeiras pelas oposições

Publicando com demasiada frequência em seu blog, o radialista Fabiano Gomes, que é cajazeirense e amigo pessoal da prefeita de Cajazeiras e do esposo da mesma, vem intensificando ataques ao deputado estadual José Aldemir Meireles (PEN), atribuindo, que o referido parlamentar mesmo afastado da AL, vem empreendendo os trabalhos de articulação em desfavor do grupo político liderado por Denise e Carlos Antônio.

Almejando o seu ingresso na política de Cajazeiras, Fabiano não mede esforços para passar por cima de qualquer um que contrarie aos seus objetivos. Desta feita, o radialista mira em Zé Aldemir e promove uma verdadeira guerra entre o deputado que é amigo antigo e correligionário de Carlos Antônio e lideranças políticas ligadas ao grupo situacionista, Fabiano trabalha pela sua promoção pessoal.

Ainda de acordo com informações ventiladas na imprensa sertaneja, o radialista tenta travar um verdadeiro embate com Zé Aldemir, para comandar o PSDB, sigla partidária comandada no Estado, pelo senador Cássio Cunha Lima e em Cajazeiras - até o momento é presidida pelo empresário Mário Messias Filho, homem de extrema confiança de Carlos Antônio. Resta aguardar o desfecho do intento de Gomes.


Da redação 

Mulher é encontrada carbonizada dentro de casa

Uma mulher foi encontrada morta e carbonizada, na manhã da última quarta-feira (20), dentro de sua residência, na cidade de Cuitegi, região metropolitana de Guarabira, no Brejo Paraibano.

De acordo com familiares, Ozilene Lucas dos Santos, 45 anos, tinha o hábito de acender velas à noite para fazer orações.

A polícia acredita que, acidentalmente, uma das velas caiu, causando um incêndio enquanto a vítima dormia.

Segundo informações, a mulher era alcoólatra, mas nos últimos meses demonstrava sinais que estava longe da bebida.


Nordeste 1

Campus do IFPB Cajazeiras firma parceria com 9ª Regional de Ensino

Uma parceria que resultará em ganhos para a sociedade e a comunidade acadêmica do IFPB fora firmada na última quarta-feira (20), entre o Campus Cajazeiras e a 9ª Gerência Regional de Ensino do estado. Participaram do encontro à diretora Lucrécia Petrucci, o Coordenador de Estágios, Emerson Lunguinho e a Gerente da 9º Regional de Ensino, Andreia Braga.

“A professora Andreia nos procurou contando que precisa fazer um diagnóstico da estrutura física de 62 escolas estaduais dos 15 municípios que compõem a 9ª Região, bem como elaborar um projeto de recuperação e realizar os reparos em laboratórios de informática e robótica. Para realizar essas tarefas ela propôs que nossos alunos dos cursos técnicos de Eletromecânica, Edificações, Informática e do Superior em Automação façam estágios supervisionados atender as demandas das referidas unidades de ensino do estado”, relatou o Coordenador de Estágios do Campus Cajazeiras, Emerson Lunguinho.

Ainda de acordo com Emerson, a parceria representa uma contribuição significativa para a formação e uma possibilidade para os estudantes ingressarem no mercado de trabalho. Segundo a professora Andreia Braga, apesar de os estágios serem, a princípio, não remunerados, os estudantes podem ser contratados para atuar na recuperação de algumas escolas e laboratórios “O aluno estagiário do IFPB contribuirá com sua mão de obra qualificada, será acompanhado pelos nossos docentes e também poderá ser contratado pelas empresas que vencerem as licitações para recuperar as escolas”, contou.

A diretora Lucrécia afirmou que será uma contribuição recíproca, já que os alunos poderão realizar seus estágios ao mesmo tempo em que realizarão um trabalho importante para a educação do estado. “Nós Já temos uma parceria antiga com Andreia Braga, que vem desde o tempo em que ela ocupou a Secretaria de Educação do município de Cajazeiras e sempre temos colhido bons frutos. Dessa vez não será diferente. Iremos acrescentar à formação dos nossos alunos, prestar um serviço à sociedade, e ainda possibilitar que o nosso Núcleo de Extensão Estudantil da Rede Rizoma possa desenvolver a atividade a que se propõe que é capacitar os profissionais das escolas operarem os a laboratórios de informática”.


Assessoria