quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Bate-boca na AL: Aldemir chama Trócolli de “subserviente” e peemedebista atribui “dor de cotovelo” ao colega

Um bate-boca entre os deputados Trócolli Júnior (PMDB) e José Aldemir (PEN) marcou a sessão da Assembleia Legislativa na última terça-feira (04). A discussão ocorreu por conta do projeto de lei que institui o transporte público complementar dentro do sistema de transporte intermunicipal de passageiros.

A confusão começou quando Trócolli atropelou a vez de José Aldemir, que acabara de chegar à sessão, usando a palavra para pedir o líder do governo Hervázio Bezerra à posição governista sobre o tema. Em seguida, José Aldemir ironizou a fala do peemedebista e disse que Trócolli não tinha posição própria, fazendo apenas o que o governo manda.

Trócolli contra-atacou dizendo que – como fala o pessoal em Cajazeiras – Zé Aldemir sofre de dor de cotovelo.

A troca de farpas que já esquentava o clima da sessão foi interrompida pelo presidente Adriano Galdino (PSB). A votação do projeto, por solicitação da maioria dos parlamentares, também foi interrompida e, por conseguinte, adiada.


Blog do Gordinho

Prefeitura de Bernardino Batista realiza VI Conferência Municipal Assistência Social

A prefeitura de Bernardino Batista, através do Conselho Municipal de Assistência Social realizou na última terça-feira (04), a VI Conferência Municipal de Assistência Social.

O prefeito Gervázio Gomes (PMDB) e a presidente do Conselho, Elielza Gabriel convidam toda população a participar do importante evento.

Com o tema central: “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026”, e Lema: “Pacto Republicano no SUAS rumo a 2026: O SUAS que temos e o SUAS que queremos”, a conferência segue com ampla programação.

Programação:

07h30 - Credenciamento e Coffe Break;
08h00 -Formação da mesa;
08h30 - Apresentação Cultural;
09h00 - Exposição do Tema Central da Conferência;
10h00 - Formação dos Grupos para discussão das Dimensões do Tema da Conferência;
10h30 - Apresentação das propostas dos grupos e escolha dos delegados.


Assessoria

2ª Câmara do TCE-PB julga regulares processos licitatórios de seis prefeituras

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba, sob a presidência do conselheiro Arnóbio Viana, julgou regulares, em sessão ordinária na terça-feira (04), oito processos licitatórios de seis prefeituras paraibanas - nas modalidades convite, tomada de preço e pregão presencial.

Foram julgados regulares processos licitatórios realizados nas prefeituras de Aguiar, Queimadas, Pedras de Fogo, Salgado de São Félix, Mogeiro e Bayeux. À unanimidade, também foi considerado regular o pregão presencial número 116/2014, promovido pela Secretaria Estadual de Administração e destinado a compra de medicamentos.

Durante análise de outro processo, relativo à verificação de cumprimento de resolução anterior do TCE, os conselheiros decidiram pela imputação de débito no valor de R$ 6.793,62 ao gestor Francisco Andrade Carreiro, por irregularidades na aplicação de R$ 630.368,04 pela Prefeitura de São Bentinho.

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas também analisou cerca de 130 processos de registro de concessão de aposentadorias e pensões e, na mesma sessão, julgou irregular a prestação de contas do Fundo Municipal de Saúde de Cajazeiras, exercício 2008, envolvendo recursos de R$ 11.459.354,77. E aplicou multa individual de R$ 2.805,10, aos ex-gestores Maxwell Apolo Araújo e Oscar Sobral Neto. A decisão, por unanimidade, foi motivada pelo não cumprimento de resolução anterior do TCE para correção de irregularidades, entre as quais a não comprovação de despesas com compra de medicamentos, prestação de serviços médicos, entre outros itens.

Nesta sessão foram agendados 162 processos, envolvendo recursos da ordem de R$ 56.456.359,75. E realizou a 2777ª sessão ordinária. Funcionou no mini plenário Adailton Coelho da Costa, teve na composição os conselheiros Nominando Diniz Filho, André Carlo Torres Pontes, e os conselheiros substitutos Antonio Cláudio Silva Santos e Oscar Mamede Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador Luciano Andrade Farias.


Ascom/TCE-PB 


Roendo a corda: vereadores votam contra instauração de CPI para investigar suposto desvio no SCTrans de Cajazeiras

Em sessão ordinária realizada no inicio da noite da última terça-feira (04), na Câmara Municipal de Cajazeiras – vereadores da base de situação votaram contra o requerimento de autoria do Vereador Jucinério Félix (PROS), que solicitava a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar suposto desvio de recursos públicos dentro do SCTrans, na gestão do ex-vereador Eudomar Pereira, que deixou a pasta recentemente.

Da base de situação votaram contra: Alysson Américo (PT), Lindberg Lira (PTB), Neto da Vila Nova (PPL), Humberto Pessoa (PTB), Marcos Barros (PSB), Antônio Galego (PSD), Valderi Dias (PSD) e Deozinho (sem partido). Da base de oposição votaram Alysson Lira (PDT), Marcos do Riacho do Meio (PT), e o autor do requerimento Jucinério Félix. Ainda compondo a bancada de situação, os vereadores, Eriberto Maciel (PP) e Ivanildo Dunga (PMN) votaram pela instauração da CPI.


Da redação

MPF pede e Justiça tira sigilo das denúncias da Operação Andaime

O Ministério Público Federal (MPF) em Sousa (PB) obteve na última terça-feira, 04 de agosto de 2015, o levantamento do sigilo das três denúncias resultantes da Operação Andaime. A publicidade restrita foi retirada pelo juiz da 8ª Vara Federal, em Sousa.

Na decisão, o magistrado afirma que “a publicidade dos atos processuais tem sido considerada parte integrante da garantia constitucional do direito à informação” e ressalta que a publicidade levantada é a externa do processo ao público geral, “uma vez que a publicidade interna, entre as partes, é devidamente respeitada, pois está calcada no contraditório e na ampla defesa”.

Para o Ministério Público Federal, após apresentada a denúncia, deve prevalecer o direito da sociedade de acompanhar o processo judicial instaurado contra os réus. O MPF entende que, ao ser iniciada a ação penal, passa a vigorar o princípio da liberdade de imprensa, previsto no artigo 5º da Constituição Federal.

Até o momento, foram denunciados 39 envolvidos na organização criminosa que fraudou licitações em obras e serviços de engenharia em municípios do Alto Sertão da Paraíba.

A quadrilha foi desarticulada durante a Operação Andaime, deflagrada em 26 de junho de 2015, numa ação conjunta do MPF, Controladoria Geral da União e Polícia Federal.

Somando as três denúncias oferecidas pelo MPF em Sousa, até o momento, são 223 delitos praticados, atingindo os municípios de Joca Claudino, Bernardino Batista e Cajazeiras. Há acusados citados em mais de uma denúncia.

Entre os crimes praticados estão corrupção ativa e passiva, falsificação de documento público, lavagem de dinheiro, peculato e fraude licitatória, organização criminosa, dentre outros.

As íntegras das denúncias poderão ser acessadas através do Portal da Transparência do Ministério Público Federal no endereço: www.transparencia.mpf.mp.br

Ação Penal nº 0000297-38.2015.4.05.8202
Ação Penal nº 0000475-69.2015.4.05.8202
Ação Penal nº 0000478-39.2015.4.05.8202


Assessoria de Comunicação

Procuradoria da República na Paraíba 

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Homem com o rosto comido por peixes é encontrado boiando nas águas do Açude Grande em Cajazeiras

Foi encontrado no inicio da tarde desta terça-feira (04), nas águas do Açude Grande de Cajazeiras, o corpo do popular João Guilherme da Silva, 35 anos, conhecido por “Dragão”, residente nas imediações da Rua Santa Cecília, nesta cidade. 

O mesmo estava desaparecido havia alguns dias. "Dragão" como era conhecido estava com o rosto parcialmente desfigurado devido a possíveis investidas de peixes.

Após as autoridades locais tomarem conhecimento sobre o encontro do cadáver – peritos do IML foram acionados para realizar os primeiros trabalhos de identificação, causa morte e condução do mesmo para Patos.


Da redação

Com Everton Pereira

Marina desabafa: ‘Estou pagando o preço por não apoiar o Impeachment’

A ex-senadora Marina Silva afirmou em entrevista à Folha de SP do domingo (2), que não há provas materiais que sustentem um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Você não troca de presidente por discordar dele ou por não estar satisfeito. Se há materialidade dos fatos, não há por que tergiversar. Se não há, o caminho doloroso de respeito à democracia tem que prevalecer”, afirmou Marina. “Eu não seria leviana de dizer, sem provas, que ela [Dilma] tem responsabilidade direta. Ela tem responsabilidades políticas e administrativas. Esse não é o momento de ficar gesticulando, tagarelando”, acrescentou.

A ex-candidata a presidente pregou “responsabilidade” com a democracia e disse que não vai “instrumentalizar a crise” para tentar ampliar o desgaste da presidente. “Neste momento, é preciso ter muita responsabilidade. Já tivemos perdas em relação às conquistas econômicas. Agora estamos tendo perdas em relação às conquistas sociais, com inflação e desemprego. Uma coisa que não podemos perder é a nossa confiança na democracia. Não podemos, em hipótese alguma, colocar em xeque o investimento que fizemos na democracia”, afirmou.

Sobre as manifestações contra o governo que estão marcadas para próximo dia 16, Marina Silva disse que a sociedade tem todo o direito de se manifestar, “porque foi enganada quando negaram os problemas e não fizeram o que era preciso”.

Mas esse protesto não pode antecipar o que a Justiça ainda não concluiu. Uma coisa é o que a sociedade pauta, outra é o que as lideranças políticas têm que ponderar. A liderança política não tem apenas que repetir o que se quer ouvir. Às vezes, ela tem que pagar um preço. Não podemos deixar de considerar o valor da democracia, até pelos traumas que passamos”, afirmou.



Brasil 247 

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Secretaria de Infraestrutura continua serviços de saneamento básico em Cajazeiras e realiza trabalhos na zona rural

Por determinação da prefeita Denise Albuquerque, a Secretaria de Infraestrutura de Cajazeiras continua realizando serviços como operação tapa buracos, limpeza de canais e esgotos, recuperação de bueiros, entre outros trabalhos.

Esta semana, além da recuperação da malha asfáltica da Rua José Almeida, próximo a UFCG, a população agradeceu pelo serviço realizado no bueiro da Rua São Sebastião.

Além disso, a Secretaria de Infraestrutura em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural continua os serviços de recuperação das estradas vicinais e escavação de cisternas. O secretário Roberto Cartaxo informou que esta semana, a equipe esteve trabalhando no sítio Patamuté.


Secom

PSOL rechaça alianças com PT, PSB e PMDB

O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, reafirmou que seu partido não defende qualquer aliança com os partidos que compõem a base do prefeito da Capital e ou a base do Governo do Estado. Quando comentou declarações do deputado federal Manoel Júnior, nas quais, o parlamentar atacou alianças entre PT e PSB, Fabiano Galdino considerou que a posição de Manoel Júnior era contraditória, uma vez que, efetivamente, Manoel Júnior não tem quaisquer restrições às alianças que o PMDB fez nas últimas eleições.

Para demonstrar a incoerência dos ataques de Manoel Júnior às políticas de alianças entre PT e PSB, o dirigente do PSOL lembrou que o deputado federal Manoel Júnior até foi beneficiado com essas políticas, ao dizer que “umas dessas conveniências eleitorais do parlamentar foi à aliança que o PMDB e o PSB fizeram nas eleições 2004, na qual o nome de Manoel Júnior foi apontado para ser o vice do então candidato a prefeito Ricardo Coutinho”.

Ao negar qualquer possibilidade de alianças eleitorais do PSOL com os partidos que governam o Estado e a prefeitura de João Pessoa, o presidente estadual do PSOL esclareceu que “apesar de considerar que partidos como PT, PSB e PMDB fazem alianças, porque pensam muito parecidos, em seus interesses e buscas pelo poder, o PSOL não se insere nesse rol de partidos e não quer alianças com nenhum deles, no Estado”, afirmou.



Assessoria

Reunião do Partido Rede Sustentabilidade da Paraíba reestrutura sua Coordenação Executiva

O movimento e plataforma política Rede Sustentabilidade aguardam o seu registro enquanto Partido Político, o que será definido nos próximos dias, a partir do dia 03 de agosto, com a saída do recesso dos ministros do TSE.

A Rede Sustentabilidade tem a frente - integrantes do seu quadro de militância a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que disputou as últimas eleições presidenciais pelo (PSB), e a ex-senadora Heloísa Helena, atual vereadora da Capital do Estado de Alagoas.

Na Paraíba, os militantes da Rede Sustentabilidade aguardam também com expectativa a deliberação do registro partidário.

Na manhã do último domingo (02/08), às 09h30 em reunião extraordinária, após um café da manhã compartilhado, os integrantes da Coordenação Estadual se reuniram acompanhados de militantes e simpatizantes para recompor a Coordenação Estadual e Coordenação Executiva e Provisórias.
Josinaldo Aurelino, Lia Kutelak e Gerson Vasconcelos
Na oportunidade, foi ressaltada a importância da construção dessa nova alternativa política, mas que venha para ser diferente dos partidos tradicionais, onde a lógica do ganhar a qualquer preço se enraizou, empobrecendo o atuar político e consequentemente trazendo danos à sociedade brasileira, como os de corrupção que se tem visto atualmente, onde o trabalhador e a trabalhadora são os mais prejudicados.

O momento contou também com participação dos Vereadores Emanuelly Silva Correa dos Santos (PT-Juazeirinho), Jailton do Sindicato (PSL-Ingá), Lucas de Brito (DEM-João Pessoa), o qual também tem atuado na construção do partido no Estado, além de militantes das cidades de Cajazeiras, Sousa, Patos, Campina Grande, Natuba, Conde e Bayeux. A reunião foi realizada no Centro Cultural Joacil de Brito Pereira, na Praça Dom Adauto, em João Pessoa, Capital paraibana.

Veja abaixo como ficou a nova Coordenação Executiva da Rede Sustentabilidade na Paraíba:

COORDENADORES GERAIS E PORTA VOZES
- Lia Kutelak
- Gerson Vasconcelos

COORDENADORES EXECUTIVOS
- Roberto Maciel
- Paulo Roberto Alves dos Santos

COORDENADORES DE ORGANIZAÇÃO
- Fernando Júnior
- Josinaldo Aureliano

COORDENADORES DE FINANÇAS
- Maria do Socorro de Freitas Barbosa
- Luiz Carlos

VOGAIS
- Diana Dayse do Nascimento Souza
- Jacylene Mamede da Costa
- Geraldo Medeiros
- Márcio Daniel
- Jônatas Emmanuel do Nascimento Silva


Assessoria


"Se não for um novo caminho, que seja pelo menos uma nova maneira de caminhar”

Marina Silva 

Empresário Antônio Ricardo irmão de Deca comparece a encontro do PSOL e causa repercussão

A presença do empresário Antônio Ricardo do grupo empresarial Rio do Peixe, que é irmão do suplente de senador “Deca do Atacadão” no encontro do PSOL em Cajazeiras, realizado n último domingo (02), foi motivo de grande repercussão. Antônio Ricardo que é ligado ao grupo da prefeita Denise (PSB), participou ativamente do encontro do PSOL que tem como principal liderança o pré-candidato a prefeito Antônio Gobira.

O empresário é filiado ao PSDB e recentemente teria recusado convite para participar do Governo Municipal assumindo uma secretaria.

Durante o encontro, seis pessoas assinaram ficha de filiação. Gobira adiantou que outras filiações ocorrerão futuramente, a exemplo de lideranças de destaque de Cajazeiras.
A direção do PSOL realizou no auditório da CDL uma palestra para os militantes do partido, principalmente os que desejam participar do pleito municipal em 2016, sobre o tema “A Convivência com o Semiárido”, intercalando ciência e informação. O palestrante foi o geógrafo e gestor ambiental da Embrapa, Luiz Veras.


CZN

sábado, 1 de agosto de 2015

Evangelista Nobre irá para o PSOL e será candidato a vereador em 2016

Não é oficial, mas segundo nos informou uma fonte, o ex-vereador, assessor parlamentar e advogado Francisco Evangelista Nobre deverá se filiar ao PSOL e postular uma candidatura à vereança em 2016. Foi que nos confidenciou um amigo próximo de Evangelista.

Ainda de acordo com a fonte, Evangelista ressaltou que após um período afastado das discussões políticas, esse momento é o mais propício, pois, nada melhor que o tempo – para saber tomar decisões, havia dito o mesmo.



Da redação

Após recesso regimental Câmara Municipal de Cajazeiras retorna trabalhos dia (3)

A Câmara Municipal de Cajazeiras retoma aos trabalhos do segundo período legislativo de 2015, na próxima segunda-feira (03), após pouco mais de trinta dias de recesso parlamentar.

A abertura do segundo período está marcada para as 17hs00 – de acordo com o Regimento Interno daquele poder. Deverá ser apreciados logo no segundo dia dos trabalhos, à criação de mais uma Secretaria Executiva e a conversão das secretarias executivas da Comunicação, da Mulher e da Cultura.


(Foto: arquivo)
Assessoria 

sexta-feira, 31 de julho de 2015