segunda-feira, 25 de maio de 2015

Rede Sustentabilidade prepara concurso para reformular seu logotipo

A Rede Sustentabilidade já prepara o lançamento de um concurso destinado para a reformulação do seu logotipo. A iniciativa marca essa nova fase da legenda, que se mobiliza para buscar a certificação junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Dentro dessa proposta, a ideia é inserir o 18 como o número da sigla em seu símbolo.

Todos os detalhes sobre esse assunto estarão num edital que a Rede deve lançar em breve, em data a ser definida. Nele, estarão os requisitos necessários para participar desse concurso e os prazos de entrega dos trabalhos, de divulgação dos escolhidos e como se inscrever.

Inicialmente, o novo logotipo da Rede deverá contar com três elementos principais: uma releitura da fita de Möebius, a tipologia com o nome do partido e agora o número 18 nesse símbolo. Os dois primeiros itens já compõem o atual logo utilizado pelo partido. O projeto vencedor será utilizado nos materiais institucionais, de publicidade e de divulgação.


Audiência do Orçamento Socialista em Divinópolis é adiada para noite da próxima quarta-feira (27)

Devido ao falecimento da senhora Leopoldina de Brito Albuquerque, conhecida como Dona Mãezinha, foi adiada para quarta-feira (27) a audiência do Orçamento Socialista no distrito de Divinópolis.

A plenária vai ocorrer a partir das 19 horas na Escola Municipal Carolino de Sousa Neto. A prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque e o vice-prefeito Junior Araújo - acompanhados por toda equipe de auxiliares da gestão e vereadores do município estarão no evento.

De acordo com a coordenadora do Orçamento Socialista de Cajazeiras, Kátia Brilhante, as plenárias acontecerão em todas as áreas do município. Segundo Kátia, os moradores de cada setor deverão apresentar propostas, reclamações e opiniões sobre as prioridades e serviços que deverão fazer parte do Plano Plurianual (PPA) e da Lei de Orçamento Anual (LOA) para 2016. De cada Audiência Pública, serão indicadas três prioridades por setor.

O calendário com as demais audiências públicas será divulgado nos próximos dias.


Secom

Prefeitos dividem com governador angustia da falta de recursos para combater as dificuldades enfrentadas com a seca

Na tarde da última sexta-feira (22), durante mais de uma hora, uma comissão de prefeitos paraibanos, representantes de todas as áreas do Estado que estão sofrendo com a falta de água, acompanhados de deputados que integram a Frente Parlamentar da Água, do secretário de Recursos Hídricos João Azevedo, do presidente da Cagepa, Marcos Vinicius e do presidente da FAMUP, Tota Guedes, colocaram para o governador Ricardo Coutinho a situação de emergência que passa os municípios e solicitaram do governador apoio para o enfrentamento desta grave crise hídrica que já atingiu 170 municípios do estado, dos quais 48 estão completamente sem água.

Os prefeitos de Esperança, Anderson Monteiro, de Solânea, Beto Brasil, de Picuí, Acácio Araújo, de Princesa Isabel, Dominguinhos, de Monte Horebe, Cláudia Dias, de Carrapateiras, André Pedrosa e de Dona Inês, Antônio Justino, solicitaram do governador apoio seja através da doação de caixas d’água, para perfuração de poços, construção de barreiros e outras ações emergenciais.

O governador, sensível a situação, anotou as solicitações, cobrou do secretário de Recursos Hídricos, já para a próxima terça-feira, um relatório que quantifique, estabeleça prazos, detalhe as prioridades e os valores das ações e obras de enfrentamento da seca e reiterou que, na atual conjuntura, a pressão política é a única saída para obtenção de recursos na esfera federal para obras emergenciais e que são necessárias para assegurar um mínimo de segurança hídrica. “Os estados estão passando por muitas dificuldades, e o que posso garantir para os senhores é que estamos buscando a liberação de recursos, na ordem de R$ 75 milhões para realização de várias ações. Atualmente, priorizamos a perfuração de poços, vamos colocar as cinco perfuratrizes para produzir mais, e já é certo que vamos disponibilizar 172 carros-pipa, para atender 27 municípios, nos próximos seis meses”, destacou Ricardo.

O presidente da Frente Parlamentar da Água, Jeová Campos, que estava acompanhado dos deputados Estela Bezerra e Buba Germano, fez um breve relato do que a Frente colheu em três meses de trabalho, durante as audiências públicas e visitas, e entregou o relatório da Frente com as sugestões e propostas para o enfretamento da crise hídrica. O deputado considerou o encontro muito positivo. “O governador está sensível ao problema, tanto que abriu espaço de última hora em sua agenda para nos receber, conhece o problema, saber quais são os caminhos para ajudar, mas, infelizmente, não dispõe de recursos suficientes para atender todos os pleitos”, destacou Jeová que, na ocasião, sugeriu ao governador que incluísse como prioridade no Pacto Social 2015 a questão da água.

“A crise é grave, os recursos são escassos, mas existem e é preciso muita pressão política para que os entraves sejam solucionados e os recursos liberados. Vamos, na próxima semana realizar uma força-tarefa em Brasília, junto com os prefeitos, com a bancada federal da Paraíba, para cobrar recursos para ações que são de suma importância e urgentes. Creio que a união fará a força e a pressão política surtirá efeito”, destacou Jeová, lembrando que “Não há problema sem solução”!


Assessoria

PSC/PB realiza encontro estadual com presença de dirigentes nacionais e lideranças políticas do partido

O presidente estadual do PSC da Paraíba, ex-senador Marcondes Gadelha, anunciou em entrevista na manhã da última segunda-feira (25), sobre a realização de um encontro estadual do Partido Social Cristão na Paraíba. O evento, que acontecerá em João Pessoa, reunirá dirigentes do partido, além de lideranças regionais e nacionais ligados à legenda social cristã, além de filiados.

Marcondes adiantou que a reunião terá quatro assuntos principais. “Dois temas são mais gerais e outros dois dizem respeito diretamente ao partido”. Haverá palestras e discussões com a participação de convidados. “O ex-deputado federal Leonardo Gadelha fará uma explanação sobre reforma política e a presidente nacional do PSC Mulher, Denise Assunção Fernandes, falará a respeito do papel da mulher na política”, detalhou Marcondes.

Haverá, ainda, uma palestra sobre organização partidária, que será ministrada pelo presidente nacional da legenda, e candidato a presidente em 2014, pastor Everaldo Dias Pereira. “Receberemos, mais uma vez em João Pessoa, nosso presidente nacional. O pastor Everaldo vai apresentar um pouco do processo de estruturação burocrática das direções municipais, inclusive no tocante ao registro de candidaturas com vistas às eleições do próximo ano”, detalhou Gadelha.

A política também terá espaço nas discussões. “Teremos um momento dedicado ao processo eleitoral que se aproxima, vamos direcionar os rumos do partido, com atenção especial para João Pessoa e Campina Grande, no pleito municipal de 2016”. Marcondes revelou “que o PSC, a exemplo do que fez em 2012, buscará lança o maior número possível de candidatos em todas as regiões do estado”. Em 2012 o partido elegeu 10 prefeitos. “A ideia é ampliar esse número e temos totais condições para isso”.

Filiações
Ainda no tema ‘eleições 2016’, Marcondes Gadelha informou que o PSC proverá várias “filiações solenes. Teremos, por exemplo, Marcus Odilon assinando a ficha de filiação e já anunciando a pré-candidatura a prefeito em Santa Rita”. Seguindo a linha de filiações com vistas ao pleito de 2016, Marcondes não revelou os nomes, mas garantiu que o PSC terá nomes competitivos em cidades importantes do estado”.

Participação da mulher
O presidente estadual do PSC destacou que espera uma presença significativa de mulheres no encontro regional. “O Brasil ainda apresenta índices extremamente baixos de participação das mulheres na política. Apesar de a lei eleitoral obrigar o lançamento de candidaturas femininas, não há disposição das mulheres em ingressar na política”. Marcondes Gadelha acredita que a palestra da presidente do PSC Mulher pode começar a mudar essa realidade. “Denise tem experiência na área motivacional e vai mostrar a importância de termos mais e mais mulheres participando da política no Brasil".
O encontro estadual do Partido Social Cristão na Paraíba acontece na sexta-feira, 29 de maio, às 8h30 da manhã, no Hotel Netuanah, que fica na Avenida Cabo Branco, nº 2698, em João Pessoa. “Receberemos os participantes com um café-da-manhã e o encontro deverá se estender até por volta das 13h. Conto com a presença de todos no evento", finalizou Marcondes.


Coordenação de Comunicação
Diretório Regional do Partido Social Cristão da Paraíba
Av. Padre Ayres, 330, Miramar - João Pessoa.

Tel. 83 3224-9696 

Em nota: prefeita de Cajazeiras cancela Orçamento Socialista e se solidariza com a morte de Dona Mãezinha, matriarca da família Albuquerque

A prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque, emitiu nota no inicio da noite do domingo (24) se pronunciando a respeito da morte da senhora Leopoldina de Brito Albuquerque, avó do secretário de Desenvolvimento Rural de Cajazeiras, Arcanjo Neto e mãe do empresário e professor, José Antônio de Albuquerque, diretor presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação.

A prefeita Denise, decretou luto oficial de três dias em todo município de Cajazeiras, em sinal de respeito e pesar pela morte de Dona Mãezinha.

Ao mesmo tempo, a chefia de gabinete da prefeita, informa que a Plenária do Orçamento Socialista que aconteceria na manhã desta segunda-feira (25) no Distrito de Divinópolis foi cancelada. As demais atividades programadas acontecerão das 08h ás 10h.

NOTA DE SOLIDARIEDADE

Com muito pesar e tristeza, apresento a família Albuquerque, aos filhos, netos, genros, noras e todos da família, meus sinceros e profundos pêsames pela morte da matriarca da família, Leopoldina Albuquerque, conhecida carinhosamente na cidade de Cajazeiras como Dona Mãezinha".

"Presto, neste momento de dor e consternação, minha solidariedade a todos desta família, em nome do nosso secretário de Desenvolvimento Rural, Arcanjo Neto e do professor e empresário José Antônio de Albuquerque, diretor presidente do Sistema Alto Piranhas de Comunicação".



Secom

domingo, 24 de maio de 2015

Vazam fotos da autópsia da funkeira assassinada pelo noivo no RJ. Imagens fortes!

Vazaram na web fotos impressionantes do momento em que a funkeira “ex-Gaiola das Popozudas”, Amanda Bueno passava pela autópsia no IML de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Familiares da dançarina estão inconformados com a invasão de privacidade. 

Revoltada, a irmã da vítima disse que vai levar o caso do vazamento das fotos à Justiça. “Isso era uma coisa privada, que não podia sair lá de dentro, foi um desrespeito. Não podiam sair passando essas fotos de mão em mão”, comentou ela em entrevista ao site G1.

Ela ainda conta que, para impedir que as pessoas vissem a dançarina deformada, pediram para que o caixão viesse lacrado no dia do velório. Mas a medida não foi suficiente já que as fotos vazaram no próprio cemitério. “Elas chegaram na gente no momento do velório dela, apesar de toda a dificuldade que estávamos tendo, a dor de perda, a tristeza. A gente não queria que as pessoas vissem como ela estava e até pedimos para que o caixão não fosse aberto. Aí essas fotos circularam do nada e foi muito difícil, pois violaram a privacidade dela, que estava nua, ainda no IML. Eles não podem fazer isso”, falou com tristeza.

O advogado da família, Paulo César Gonçalvez da Silva, afirmou que vai ingressar com uma ação na Justiça: “as fotos eram muito chocantes e, apesar da vítima não ter mais conhecimento do que estava acontecendo, essas imagens abalaram os familiares ainda mais. Por isso, vamos entrar com uma ação por danos morais decorrente dessa exposição indevida”.


Clique aqui para ter acesso às fotos! As imagens são extremamente fortes.

Governador da Paraíba ao 'É Notícia': ajuste fiscal deve contemplar quem tem mais poder aquisitivo


No programa É Notícia deste domingo (24), a apresentadora Amanda Klein recebe o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). Durante a conversa, o convidado disse que a oposição e o Congresso impediram a presidente Dilma Rousseff de governar desde o início de seu segundo mandato. "A presidente Dilma está buscando começar o segundo mandato porque, desde o primeiro dia existia claramente uma tentativa de não permitir que ela governasse." Para ele, "o bom senso nas Casas está voltando", mas as movimentações políticas pelo impeachment de Dilma e algumas medidas do Congresso "atentaram a governabilidade." 

O paraibano, que está em seu segundo mandato consecutivo como governador, ainda falou que a aprovação do ajuste fiscal pelo Congresso é fato consumado. "Não tem para onde correr, infelizmente. Eu estou sentindo na pele, como qualquer outro gestor público, o que significa retração da economia. O equilíbrio de contas vai ter que haver e já está ocorrendo. A grande questão é que se está só olhando para a redução dos gastos que pegam uma fatia da população e é preciso pensar na fatia que tem o poder aquisitivo maior." Coutinho avaliou que a meta de superávit primário de 1,1% do PIB é muito alta. "Acho muito difícil se conseguir, a não ser que você tenha uma 'quebradeira', sem querer ser catastrófico. Vai ser ruim para todo mundo." Segundo ele, há risco de se aprofundar a recessão. Ele exemplificou o problema citando o setor da habitação. "É preciso olhar com um cuidado maior a questão dos cortes nessa área."
Já sobre o encontro que teve na quarta passada (20) com Eduardo Cunha, Renan Calheiros e outros governadores, Coutinho comenta que os presidentes da Câmara e do Senado fizeram gestos importantes para a construção de uma pauta conjunta. "O tema principal é o pacto federativo. O Brasil é uma federação de direito, mas não é de fato. É uma federação de mentira, porque até para um estado como São Paulo - que numa federação deveria ter autonomia garantida - para pegar um financiamento, precisa de autorização da União. Além disso, a receita é 'hiperconcentrada' e foi ficando cada vez mais."

Pra finalizar sobre a possível fusão do seu partido, PSB, com o PPS, Coutinho explicou que o assunto ainda está em discussão. "O partido tem olhado isso um pouco mais devagar porque não se faz uma fusão de dois partidos com histórias importantes numa única reunião de executiva. Precisamos ter cuidado porque não é você juntar 10 com 37, dá 47 e está tudo bem. Uma fusão requer o seguinte: qual o pensamento político? Isso o que eu quero saber."
É Notícia com Ricardo Coutinho vai ao ar na virada no domingo (24) para segunda, à 0h30, na RedeTV!.

Fusão do DEM e PTB poderá obrigar suplentes formar “chapão” com vereadores carimbados em Cajazeiras

Em entrevista hoje, domingo (24), ao programa Trem das Onze, da Rádio Alto Piranhas, o vice-prefeito Junior Araújo (PTB), respondeu diversas indagações e falou sobre a fusão do DEM com o PTB nacional, que está em processo adiantado de conversações e que nos próximos dias será levado ao TSE, para homologação.

Caso venha a se concretizar a fusão das legendas DEM e PTB, no cenário de Cajazeiras, poderá levar os pré-candidatos a vereadores e suplentes de vereadores filiados aos partidos citados com menos poder aquisitivo e os mesmos serviços prestados - formar um 'chapão' com vereadores detentores de larga folha de serviços prestados – como é o caso da Vereadora Léa Silva (DEM), Moacir Meneses (DEM), Lindberg Lira (PTB), Kleber Lima (PTB) e, Humberto Pessoa (PTB).



Da redação

Prefeitura de Cajazeiras continua realizando abastecimento de água através de carros-pipa

A Prefeitura de Cajazeiras, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural continua realizando abastecimento de água, através de carros-pipas nas comunidades rurais do município.

O secretário Arcanjo Neto visita diariamente várias comunidades. Os sítios: Boa Vista, Lagoa de Lages e os distritos de Serra da Arara e Divinópolis foram contemplados recentemente com abastecimentos. Na quinta-feira (21), Divinópolis recebeu dois caminhões-pipa que distribuíram cerca de 20 mil litros de água.

Arcanjo disse que, o abastecimento de água é uma das prioridades da Secretaria de Desenvolvimento Rural, principalmente nas comunidades mais assoladas pela seca.



Secom

Wellington e Caio Roberto acordam com Ricardo Coutinho e levam PR a apoiar governo na AL

O deputado federal Wellington Roberto e, o deputado estadual, Caio Roberto fecharam acordo de apoio do Partido da República ao Governo Ricardo Coutinho na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. A reunião entre os parlamentares e o governador aconteceu no último sábado (23) na Granja Santana com a presença do deputado estadual Gervásio Maia.

Com a decisão dos deputados, o governador Ricardo passa a ter apoio de 22 parlamentares no Poder Legislativo.

- A composição entre os deputados Wellington e Caio Roberto e o governador Ricardo Coutinho traduz uma nova fase entre eles reforçando uma aliança em favor do desenvolvimento da Paraíba – avaliou o Secretario de Comunicação, Luiz Torres.

De acordo com informações obtidas, o deputado Gervásio Maia foi o principal articulador político para a consolidação da aliança.



Walter Santos 

Polícia Militar prende mulher armada em forró na cidade de Cajazeiras

Uma guarnição da Polícia Militar realizava rondas de rotina pelas imediações do Bairro Conjunto do IPEP, na região do Sol Nascente – Zona Norte de Cajazeiras, onde uma festa acontecia, e em dado momento, os policiais resolveram fazer uma abordagem num grupo de pessoas no referido local, porém, em demasiada demonstração de nervosismo uma mulher fora indagada se estava armada, a mesma respondeu que sim, entregou a arma e foi conduzida para a Delegacia de Polícia.

O fato se deu na noite do último sábado (23), para a madrugada deste domingo (24). Sandra Soares foi presa por porte ilegal de arma de fogo. Na delegacia ela alegou que estava armada para se defender. O local onde a mesma foi presa é conhecido por “Quadra de Chico Amaro”. Sandra foi conduzida ao Presídio Feminino de Cajazeiras e está sob a guarda da justiça.



Da redação

sábado, 23 de maio de 2015

Capotamento deixa saldo de dois jovens mortos em Santana de Mangueira, no Sertão paraibano

Dois jovens naturais da cidade de Santana de Mangueira, no Sertão da Paraíba, tiveram morte instantânea após um capotamento na PB-306, no início da noite da última sexta-feira (22).

As vítimas foram identificadas pelos nomes de Carlos Pereira de Sousa, 28 anos, conhecido pelo apelido de “Moquinho de Vilma” e seu primo, Cícero Pereira de Sousa, 29 anos, conhecido por “Cicinho de Tião”.

Segundo as informações, os jovens seguiam com destino ao Sítio Genipapo, onde iam visitar seus familiares, porém na altura do Sítio Picos, cerca de 8 quilômetros distantes da cidade, Cicinho que conduzia o veículo, perdeu o controle da direção, sobrou em uma curva e capotou por várias vezes, causando até o arremesso do seu corpo por mais de 20 metros do carro.

A notícia da morte dos primos causou abalo ao povo santanense, já que ambos eram muito conhecidos pela sociedade.

O veículo, um Corsa Sedan, de cor prata, pertencente ao pai de Cicinho, ficou totalmente destruído e só parou de capotar após bater em um barranco. A Polícia Militar do Destacamento de Santana de Mangueira isolou o local.

Os corpos dos jovens foram retirados do local pelos peritos do Gemol, e em seguida foram conduzidos para o IML da cidade de Patos, para serem liberados e entregues as famílias.



Diamante Online

Tribunal de Justiça da PB condena 40 ex-gestores por improbidade. Confira lista!

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) divulgou, nesta sexta-feira (22), o 2º lote de sentenças referente ao julgamento de ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública, dos processos relacionados pela Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), neste ano de 2015, que envolve processos que foram distribuídos até dezembro de 2012.

Nesta etapa do mutirão, cerca de 40 ex-gestores, entre ex-prefeitos, vereadores e secretários paraibanos foram condenados. Ao todo, o grupo especial de juízes e assessores julgou 68 processos, dos quais 24 réus foram absolvidos.

Entre os ex-gestores condenados estão o ex-prefeito de Sossego, Juraci Pedro Gomes, e de Itabaiana, Dona Dida.

Confira abaixo a lista completa dos condenados

Da relação de condenação constam: Gilberto Muniz Dantas, ex-prefeito de Fagundes, Luciano Morais da silva, ex-prefeito de Salgadinho, Antônio Martiniano dos Santos, ex-prefeito de Assunção, Erivan Dias guarita, ex-prefeito de Monte Horebe, Juraci Pedro Gomes, ex-prefeito de Sossego, Maria Luiz do Nascimento Silva, ex-prefeita de Sobrado, Adão Luiz de Almeida, ex-presidente da Câmara de Tavares, Alessandro Alves da Silva, ex-prefeito de Pilõezinhos, João Bosco Nonato Fernandes, prefeito de Uiraúna, Maria Joaquina Vieira, Geraldo Luiz de Araújo, Francisco Alves Queiroz, Maria dos Remédios Martins de Oliveira, Maria Dulcimar Rocha Duarte e Francisco Francinaldo da silva, todos vereadores de Uiraúna, Ricardo Jorge de Farias Aires, ex-prefeito de Cabaceiras, Antônio Medeiros Dantas, ex-prefeito de Cuité, Flávio Romero Guimarães, ex-Secretário de Educação de Campina Grande, Francisco Rosado da Silva, ex-prefeito de Nova Olinda, Edvardo Herculando de Lima, ex-prefeito de Lagoa Seca, Paulo da Cunha Torres, ex-prefeito de Riachão, Alysson José da Silva Azevedo, ex-prefeito de Baraúna, José Severiano de Paulo Bezerra Silva, ex-prfeito de Tavares, João Bosco Cavalcante, ex-prefeito de Serra Grande, José Alencar Lima, ex-prefeito de Santana dos Garrotes, Edmislon Alves dos Reis e Elias Germano Queiroz, prefeito e vice de Teixeira, Ernani de Sousa Diniz, ex-prefeito de Diamante, Francisco Umberto Pereira, ex-prefeito de Santana de Mangueira, João Luiz de Lacerda Júnior, ex-prefeito de Amparo, Jorge Urçulo Ribeiro Coutinho, ex-prefeito de Gurinhém, Euridíce Moreira da Silva, ex-prefeita de Itabaiana, José Benício de Araújo Filho, ex-prefeito de Pilar, dentre outros.

O grupo especial é formado pelos juízes João Batista de Vasconcelos, Jailson Shizue Suassuna, Fábio José de Oliveira Araújo, Leonardo Sousa de Paiva Oliveira, Claudio Pinto Lopes, Manuel Maria Antunes de Melo, Keops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires e Antônio Eugênio Leite Ferreira neto, que é coordenado pelo juiz Aluizio Bezerra Filho e que tem como gestor da Meta o desembargador Leandro dos Santos. O trabalho desenvolvimento alcança todas as comarcas do Estado que importa na tramitação prioritária desses processos e o julgamento do que se encontra regularmente instruídos. Confira a relação dos ex-gestores condenados.


Tribunal de Justiça da Paraíba

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Trinta e dois prefeitos e um só grito: Socorro!

Audiência pública promovida pela Frente Parlamentar da Água da ALPB reuniu 32 prefeitos, de várias regiões do Estado.  Os depoimentos evidenciaram a gravidade dos problemas.

Os relatos, feitos na manhã desta sexta-feira (22), pelos prefeitos dos municípios paraibanos que estão enfrentando situações de emergência, colapso ou racionamento por causa da falta de água, evidenciaram a gravidade do problema que atinge, pelo menos, 170 municípios da Paraíba, dos quais 48 estão absolutamente sem água. A situação em algumas cidades é de calamidade. Noutras, nem os carros-pipa estão suprindo as necessidades básicas do consumo humano. Em todas ha necessidade de atendimento é urgente, a ausência de acolhimento por parte das autoridades competentes é uma realidade e o sentimento de solidão dos prefeitos no enfrentamento do problema é unanimidade.
O objetivo da audiência promovida pela Frente Parlamentar da Água da ALPB, presidida pelo deputado Jeová Campos, era o de dar oportunidade dos gestores públicos exporem suas aflições e problemas diante da falta de água em suas cidades. Mas, a audiência foi mais além. “Esse momento, creio eu, reacendeu a esperança dos prefeitos de que agora, com a atuação da Frente, de mãos dadas com a FAMUP, com a bancada federal paraibana, a luta se fortalecerá e que é preciso à união de todos independentes de bandeiras partidárias, para que a pressão política para a solução imediata dos problemas emergenciais seja forte, efetiva e eficaz”, argumenta o deputado Jeová Campos.

A Prefeita de Monte Horebe, Cláudia Dias, disse que a cidade, cuja população é de 4.748 habitantes, está enfrentando o terceiro colapso no abastecimento, que desde 2012 há racionamento no município que só permite ter água 2 horas por dia, que a água dos carros-pipa do Exército não supre a necessidade e, que a prefeitura precisa desembolsar R$ 20 mil/mês para complementar a oferta de água na zona rural. “Mesmo assim a cota é de 20 litros/dia por pessoa e a pessoa tem que escolher cozinhar de dia, e não cozinhar à noite por falta de água, o volume não dá nem para as necessidades básicas do ser humano”, afirma ela.

Idêntica situação vive o município Carrapateiras. O prefeito André Pedrosa apela para que os governos se sensibilizem com a situação e ajudem às prefeituras, de forma mais efetiva. “Nós não temos mais condições de atender a população sozinhos”, disse ele. Em Princesa Isabel a situação se repete. Com 18 mil habitantes só tem água abastecida por carros-pipa, a exemplo de Puxinanã e Queimadas. Está última cidade, está desembolsando R$ 150 mil/mês, de recursos próprios para suprir o consumo mínimo da população. Sem ajuda do governo do estado desde 2013, o prefeito Jacó Maciel diz que a ajuda do Exército com carros-pipa só abastece 54, das 3.500 cisternas existentes no município. “A situação é de calamidade. Não há outro termo para definir essa realidade”, desabafa o prefeito de Queimadas.

 A zona rural da cidade de Dona Inês não tem abastecimento de água há quatro anos e há dois anos, a Cagepa suspendeu o fornecimento de água da cidade que é abastecida, exclusivamente, por carros-pipa que pegam água na cidade de Brejinho, no vizinho estado do Rio Grande do Norte, com um custo de R$ 350,00 por carrada. São três carros-pipa por dia. O prefeito, Antônio Justino, reclamou da falta de apoio dos governos estadual e federal no enfretamento do problema. “Os prefeitos estão sós, sendo pressionados pela população e sem ter como resolver o problema sozinho, atendendo só o emergencial”, desabafou ele. O representante de Triunfo também  fez o seu relato, destacando que a cidade não tem água da Cagepa há três anos.

O prefeito de Solânea, Sebastião Alberto da Cruz, também está garantindo o abastecimento mínimo da população com seis carros-pipa. O volume disponibilizado pelo Exército na zona rural também não atende as necessidades da população e a prefeitura precisa complementar com recursos próprios. A cidade de Esperança, com 32 mil habitantes, não tem uma gota de água. Quatro carros-pipa vão atendendo a população de forma precária. O prefeito Anderson Monteiro lembra que o problema se arrasta há muito tempo sem que os governos realizem obras que assegure segurança hídrica. “Há 12 anos meu pai foi prefeito e já reclamava dessa situação”, disse ele.

“Os relatos, falam por si só. Mostram o quanto é grave a situação e evidenciam a urgência na busca por soluções”, destaca Jeová Campos que, durante a audiência convidou os prefeitos para junto com os deputados que integram a Frente Parlamentar da Água, definir uma agenda em Brasília, na próxima semana, que incluirá passagem pelo Ministério da Integração e uma reunião com a bancada federal da Paraíba. A reunião com a bancada deve acontecer na quarta-feira (27), e a ida ao Ministério, no dia seguinte (28).  Nesta sexta-feira (22), à tarde, uma comitiva de prefeitos se reúne, na Granja, com o governador Ricardo Coutinho, graças a uma articulação da Frente Parlamentar da Água.

Além dos deputados que integram a Frente Parlamentar e dos prefeitos paraibanos, a audiência também teve a participação do presidente da FAMUP, Tota Guedes, dos diretores de Operação e Expansão da Cagepa, José Mota e Leonardo Brasil, respectivamente, e ainda do coronel Carlos Alberto, do 1º Grupamento de Engenharia do Exército. O presidente da ALPB, Adriano Galdino, não compareceu por problemas de saúde.


Assessoria